Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O CARA DO ESPELHO.

VEJO UM CARA NO ESPELHO,
DE OLHOS VERMELHOS DE TANTO CHORAR.
MAIS NAO QUER OUVIR CONSELHOS,
NAO ACEITA TE DEIXAR.

E UM SUJEITO MUITO  PARECIDO COMIGO,
E AO MESMO TEMPO MUITO ESTRANHO.
O QUE EU DESEJO ELE TAMBEM DESEJA,
O QUE ELE SONHA EU TAMBEM SONHO.

ELE SOFRE E NAO RECLAMA SUA DOR,
ELE QUER UM POUQUINHO SO DO SEU AMOR.
MESMO VOCE NEGANDO SOMOS DOIS CARAS DE PAU,
ESTAMOS SEMPRE SEGUINDO SEUS PASSOS.

VIVEMOS O MESMO DESTINO,
E DIVIDIMOS O MESMO AMOR.
TEMOS A MESMA ALMA E O MESMO CORAÇAO,
POR ISSO SOFREMOS A MESMA DOR.

BRIONE CAPRI


BRIONE CAPRI
Enviado por BRIONE CAPRI em 22/12/2005
Código do texto: T89528
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BRIONE CAPRI
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 32 anos
1422 textos (66563 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:41)
BRIONE CAPRI