Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A FLOR DA AÇUCENA



Esvelta açucena deste prado florido,
Em verso eu canto a sua divinização,
Branca flor que neste recanto querido,
Sublima minh’alma de tanta emoção.

Lírio-branco, é por muitos conhecido,
Carinhosamente, se faz em profusão,
Sua fragrância me faz o enternecido,
Arte da Natureza para minha olfação.

Como é prazeroso admirar esta flora!
É um arroubo para esta minha visão,
Aplauso festo a esta flor que consola,

Nos momentos cruciantes de solidão.
Nos meus vôos idílicos posso agora
Oferendar esta planta em retribuição.

Riva. 097
Rivadávia Leite
Enviado por Rivadávia Leite em 23/12/2005
Código do texto: T89706
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rivadávia Leite
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil
222 textos (4404 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 18:38)
Rivadávia Leite