Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ONDULAÇÕES DO AMOR


O sol brama em chamas,
As gaivotas mergulham,
No auriverde profundo,
Escrevendo o teu nome.

Nas areias quentes e brancas,
No meio do arco de flores,
Do meu naturismo atlântico,
A priori dos meus sentimentos.

Naquela bela praia nascem ondas,
Dementes no mar agitam o tempo,
Aproveito o barulho para te amar.

Ondas insanas e medonhas,
Loucas e revoltadas se atiram,
E acenam no avanço da praia,
Arrastam os nomes escritos.

Apagando com suas espumas,
A nossa doce e intrépida loucura,
Onde passeiam as lindas gaivotas,
Iluminadas pelo sol com frescuras.

Quero flutuar na maloca de tua orla,
Em meio daquela perfeição movediça,
Procurando a tua formosura e não acho,
Arrastadas nas ondulações do fogacho.



     VEJA E OUÇA

    www.numaboafm.com.ar
ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 23/12/2005
Reeditado em 03/10/2011
Código do texto: T89756
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4168 textos (2055901 leituras)
1 áudios (971 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 07:25)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor