Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alheio

Embora de ti esteja eu distante,
atravesso o oceano em pensamento,
e te venero neste lamento,
onde o olho brilha qual diamante.

Quem dera fosse eu ora um gigante,
para superar o mar que nos separa,
e curar em mim a saudade lancinante,
ao beijar tua boca de beleza rara.

Mas nem gigante, nem pensamento,
tua presença apenas anseio,
e cai a lágrima por todo o tempo,
em que estou do teu amor alheio.

Ullisses Salles 16.05.2005
Ullisses Salles
Enviado por Ullisses Salles em 30/12/2005
Código do texto: T92335
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ullisses Salles
Suíça, 40 anos
219 textos (69832 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:36)
Ullisses Salles