Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A esmo

Flutuo entre lembranças e o que vejo
nessa real vontade de entender o meio,
é o que me traz o gosto de um passado ausente

Mastigo pedras e as salivas entornam
os raros efeitos do sol escaldante
na pele vermelha pelo frio intenso

e não há tropeços entre os vis escombros

Marcas de unhas na areia branca
(a lua brinca de ondular a praia)
a boca ri da fome corrosiva
que pediu abrigo à poesia errante

A pele esfacelada dói ao vento.
Na lágrima interrompida pelo novo alento
o dente perfura a palavra medo

nada mais há que lembrança a esmo...
Dora Leal
Enviado por Dora Leal em 26/12/2004
Código do texto: T928

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Dôra Leal). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Dora Leal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil
501 textos (25316 leituras)
1 e-livros (38 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/16 22:55)
Dora Leal