Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inevitável Busca


Eu queria falar desta fome infinda,
Que varre o peito e desenterra a alma nua.
Retratar em prosa ou versos os motivos infames
Que nos trazem à vida.

Ah Deus! Queria eu avisar a juventude,
Escrever-lhes um mapa abreviando o caminho
Antes que fossem devorados pelo desejo de ter o outro
Mas, já é setembro e a primavera roubou-lhes a inocência.

Plantemos agora os sentimentos,
Deixemos pois que as águas movam os moinhos,
Talvez, assim, o inverno não seja tão frio,
E a saudade levada pela brisa encontre seu destino.

Será, pois, o amor o desterro que todo coração busca,
Solitário, feito para alimentar um corpo,
Mas, que, insensatamente, insatisfeito, insano,
Tentará alimentar outro.



Guaraci Pach˙
Enviado por Guaraci Pach˙ em 03/04/2005
Cˇdigo do texto: T9503
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guaraci Pach˙
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 47 anos
21 textos (1893 leituras)
1 e-livros (25 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 09/12/16 14:04)