Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CEGO DE AMOR


CEGO DE AMOR

Eu estive cego de amor, não queria ver...
Nem esquecer...
Estava cego em querer você,
Cego até de mim mesmo... ia deixando tudo isso,
Ir para o esquecimento...
Apesar de nunca tê-la esquecido...

Você sempre esteve no meu pensamento
Assim eu acabei com o meu amor próprio,
Sem jamais merecer, ou será que eu merecia?
Querendo enxergar, querendo receber
Da mesma forma que dava,
Querendo me contentar...

Sentia prazer com as coisas inúteis
Que eu tinha e guardava,
Fraudando,  tentando me iludir...
Querendo ser muito amado...
Dessa maneira então,
Eu que estava sonhando, dando-me por inteiro...

Amando-a ardentemente,
Tornando-a minha amante,
Minha fiel companheira e amiga,
Levando a entender de forma errada,
Planejando de forma errada...
E, assim tão cego fui enganado pela vida.
E com o amor. Estava perdido no pensamento
Tentando saber o porquê de estar perdido,
Eu parei um instante, chorei...
Eu estava cego de amor por você.
>
tancredoadvogadopf@yahoo.com.br

tancredo
Enviado por tancredo em 06/01/2006
Código do texto: T95310
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
tancredo
Valença - Rio de Janeiro - Brasil, 76 anos
118 textos (65371 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:36)
tancredo