Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JANTAR: (a luz de velas)


Jantar, a luz de velas:

Estranho...
Mas não sei o que é.
Que está mexendo comigo.
Deixando-me inquieto.
Nada tenho, não sinto dor.
Apenas, esta sensação.
Que faz, sentir-me diferente.
Que faz, meu sangue ferver.
Será, que isso é amor.
Que me deixa estranho, assim.
Sou solteirão, sem namorada.
Bem, tenho uma vizinha.
Que faz de tudo, para ser notada.
Saio pra rua, lá está ela.
No portão, às vezes no jardim.
Até quando volto, me parece.
Que, está a minha espera.
Hoje não vou sair, só pra ver.
De minha janela, o que ela fará.
Pois, eu já sei o que farei.
Quando ela sair, eu, a convidarei.
Para um jantar, a luz de velas.


 


Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 07/01/2006
Código do texto: T95504
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:08)
Volnei Rijo Braga