Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tímido Amor

O meu jeito,
frio e seco,
te amargura quando me olhas
e levo meus olhares ao chão.
Timidez, aflige pobre alma
de um jovem qualquer, prestes a perder.
Sou fraco para o amor,
mas forte para ser tua proteção.
Para expor o ego sério que carrego,
encontro disposição onde não se acharia jamais.
Esqueço da timidez, faço valer...
Tu não suportas ver,
se juntas com a razão ao esbravejar,
me culpando por te proteger...
mas, que mal há?
Aproveitas momentos de ira,
despedaçando meu pobre coração
com palavras de revolta.
Sendo assim, me expulsas de teu mundo,
desejando minha distância,
um desfecho banhado à lágrimas.
E por não saber exclamar o sentimento que ferve dentro do meu peito,
me deixaste sem imaginar
o quanto amo o teu ser,
que me quer longe...
Edwin Ataíde
Enviado por Edwin Ataíde em 08/01/2006
Código do texto: T96185
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edwin Ataíde
Santos - São Paulo - Brasil
29 textos (914 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:44)
Edwin Ataíde