Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sublime Holocausto

Cegos olhos teus
Entrando em mim como navalhas afiadas
Causando-me a dormência de órgãos e sentidos
Tirando-me o ar em pleno holocausto meu
e me fazendo perder a noção de perigo.

Só o que ouço são ruídos estranhos
Que me gritam palavras desconexas
Com esse mesmo tom de voz estridente
Que amolece minha alma
E ao meu lado, mesmo sem eu ver, me segue ..
me transformando em mais uma apaixonada.

Amor dos meus sonhos,
Guardo em meu corpo
Tua presença infinita
Que me faz mais viva
E abraça meus medos
Me curando de tudo que teimo.
me sarando qualquer ferida.

Eu hei de esperar
O dia que nos perderemos
em nossas peles brancas
E no ansiar da união
dos nossos corpos e mentes,
meu coração já bate incansavelmente
Em sintonia com o teu.

O meu amor é vivo
E de tão vivo dói ...
Não paro de sonhar contigo
E te imaginar como abrigo
Em nossos momentos a sós.

Não durma, minha vida
Não durma...
Aqui em mim não adormecerá
esse sentimento que arde e cega,
e que sem cessar me leva,
pois sei que só ao teu lado poderá sossegar
Rosalice
Enviado por Rosalice em 09/01/2006
Código do texto: T96249
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosalice
São Luís - Maranhão - Brasil, 32 anos
55 textos (2739 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:27)
Rosalice