Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aroma da madrugada...

Juntei o fulgor das estrelas, grãos de poeira da estrada, submergiram no meu interior, me banhei em águas cristalinas, do orvalho da madrugada matei minha sede de amor, experimentei a doçura do mel, que o amor produz.
Devolvi a vida na serenidade do olhar e um coração capaz de amar sem ver, palavras escritas em linhas descritas pela alma.
Aroma suave exala a alvorada, num degrade de cores, embalo sonhos de menina mulher, sem hora marcada no relógio, regozijo na mais profunda paz do meu interior, adormecer num sonho e trazer para realidade, semeando amor por onde for.
Inspirações vindas do canto dos pássaros abrem à janela do meu quarto, brisa mansa passa entre as cortinas eu debruçada na janela, pintando entre as nuvens o seu nome escrito, mistura-se ao aroma da madrugada, cabelos soltos ao vento, me deleito...
Sou águia dourada, carrego nas asas a liberdade, nos lábios palavras adocicadas, no olhar esperança verde das matas.
Meu espírito vaga na imensidão, sou o que sou aroma da madrugada...
 
 
Escrito em: 03.09.2005
Por Águida Hettwer

 
 
 
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 09/01/2006
Código do texto: T96539

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1258 textos (116351 leituras)
15 áudios (2138 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:27)
Águida Hettwer

Site do Escritor