Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DOR

A noite vem chegando cálida e transparente
A saudade se aloja forte e veemente .
Tua partida sem explicações ,
Foi como a turbulência de mil furacões .

Mas ainda , graças a alguma forca superior , algo restou
Foi a  foto da menina pela qual meu coração se apaixonou .
E esta lembrança é a tormenta
De uma coração abandonado que triste experimenta
Uma dor forte e desumana ,
Por que ainda grito ao sete cantos seu nome ????????

O esquecimento neste caso jamais aconteceu
Pois nem mesmo sei se voce morreu
E que tivesse morrido , ainda assim amar-te-ia
Pois na vida não fui o amante que queria
Mas na eternidade talvez eu seja o amante que deveria .
Danilo Vasconcelos
Enviado por Danilo Vasconcelos em 10/01/2006
Código do texto: T97040
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (DANILO VASCONCELOS www.recantodasletras.com.br/autores/danivasconcelos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Danilo Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
188 textos (11227 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:43)
Danilo Vasconcelos