Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LAGRIMAS

Lagrimas jogadas ao vento
São rosas cálidas não transformadas pelo tempo
E pelas mãos da sabedoria
Eu sabia que meu coração , por ti , sempre sofreria .

Foi então que resolvi me arriscar ,
Porque não teria graça alguma ,
Levar a vida sem tentar te amar
E fiquei sem defesa nenhuma
Quando a voce , eu quis falar .

E parecia naquele momento
Voce entender meu sentimento
Mas não passava de um engano
O meu amor , era por ti achado profano .

Esperança anda junto comigo
Feroz tal qual um inimigo .
Com o futuro ainda sonho
E tenho desejos , e sei que não posso permanecer inerte
Portanto poemas ainda componho
Mesmo que de dor , meu coração ainda se aperte .
 
Danilo Vasconcelos
Enviado por Danilo Vasconcelos em 10/01/2006
Código do texto: T97059
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (DANILO VASCONCELOS www.recantodasletras.com.br/autores/danivasconcelos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Danilo Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
188 textos (11227 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 07:49)
Danilo Vasconcelos