Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Somente hoje...

A beira do caminho encontrei muitos espinhos, encravaram em
Minh ´alma, sangram feitos pingos de chuva, cada gotícula viscosa e de cor vibrante, tênue meus anseios e devaneios.
Aflora, desabrochando em cada pétala de rosa, a essência de minha existência, exala pelo ar, como incenso queimando.
Transpor na sintonia do verso, o gosto amargo do fel ao doce do mel, arrancar de minhas entranhas todas as façanhas e artimanhas de uma mulher.
Somente hoje, legar todos os atributos ao amor em absoluto, lançar-se a qualquer custo na íntegra de uma paixão.
Em cadernos de ilusões, descrever paradigma de vida, soltando amarras, abrindo portas, onde a luz do sol possa entrar e iluminar todo o lugar.
Feito fluxo de sangue que circula entre as veias e poros que vertem suor serenamente, somente hoje, me espelhar no flamejar de teu olhar e refletir a alma no espelho da vida.
Em flores de pessegueiro delicadamente rosadas pigmentar lábios empalidecidos, corações  abatidos, deleitar na doçura e suavidade do toque, estancar cicatrizes, submergindo atônito sentimento.
Somente hoje.
 


Escrito em: 27.07.2005
Por Águida Hettwer

Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 12/01/2006
Código do texto: T97791

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1260 textos (116552 leituras)
15 áudios (2140 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:18)
Águida Hettwer

Site do Escritor