Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ação


 
Não vou falar,
quero gritar amor,
preciso do desejo,
mas não o passageiro.
 
Vou mais além,
da confissão,
de um pouco de ternura,
não sou nada e nem puro.
 
Sou um menino,
me vi perdido em ti,
andei jogado por corações,
fui e ainda sou infantil demais.
 
Me ofereceu amor,
não quero tirar nada do lugar,
não de dentro de ti,
aceite-me assim, seu e só.
 
Mostrei o caminho para você,
te querer foi simples, fui em busca,
o cansaço chegou e eu esperei,
até que preencheu o vazio.
 
Como aprendiz, fiquei sem ação,
não sei como se diz de tanta paixão,
não estou e nem te quero triste,
se alguma palavra vai ser dita, eu sei,
será alguma coisa como ''te amo.''
 
 
30/11/2002
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 13/01/2006
Código do texto: T98183
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116252 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:59)
Caio Lucas