Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHOVE FORTE

CHOVE FORTE
EM: 01.set.1998 às 01:10:59


Chove forte
A luz acabou
O mundo parou ...
Diante da vela,
Um avô ...
Que sombras faz,
Tentando acalmar
Seus netos que choram ...

Chove forte
E agora pelas ruas vago
E esta água não mais me molha
Não faz diferença
Apenas lava e purifica minh’alma
Pesadelos voltam a tona
Junto, lembranças de um amor ...

Era tarde, era cedo
Não sei ao certo
Já não mais importa ,nada interessa ...
Pois do jeito que começou, acabou
Nada podia fazer
Chovia, chove forte ...

Estávamos sentados
Molhados abraçados ...
De repente ela me empurrou,
Perguntei o que fiz ?
Não me queres mais ?
Um raio caiu ...
E tão logo ela falou, meu amor ...
E assim seu silencio eternizou .

Então chorei
Chovia forte
Chove, chove forte
Busco, procuro
Mas não acho ...
O lugar certo,
Em que este raio venha a me acertar

Chove forte ...
Troveja ...
Relampeia ...
E por raros momentos a noite clareia
E continuo chorando, gritando desesperado
Para este maldito raio me acertar ...
Vir me buscar

Chove forte
E a lembrança daquele dia é eterno tormento
Pois foi assim que perdi a razão de viver
Fico na chuva sofrendo
Esperando a hora de morrer
E enfim meu amor rever ...


 

Danilo Vasconcelos
Enviado por Danilo Vasconcelos em 13/01/2006
Código do texto: T98275
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (DANILO VASCONCELOS www.recantodasletras.com.br/autores/danivasconcelos). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Danilo Vasconcelos
São Paulo - São Paulo - Brasil, 33 anos
188 textos (11227 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:57)
Danilo Vasconcelos