Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ouça...

A madrugada desponta lá fora, pingo d´ água espalha sobre a face, momento de nostalgia, no rebobinar do filme, volto ao passado...
Folhas desprendem das árvores dormindo no silêncio, uma sirene ao longe, sonhos suspensos como uma nuvem debruça-me sobre a noite, rasgando caminhos, cercas farpadas, pousando o olhar ao infinito, perdendo-se em uma estrada deserta.
Desperta-me, as palavras viriam revelar-me tudo, versos de doçura onde habita o amor, acendendo todas as fogueiras, a candeia acesa, chama ardente que dos corações afloram.
Deixo que a leve brisa desalinhe os cabelos, num relâmpago breve na paisagem onde o amor vive e brilhe, sem perguntas e respostas, preenche todos os minutos e segundos, ouça...
O coração bater, sem nada dizer, sinta apenas a sintonia do momento descrevendo nas palavras, perfume impregnado na alma.
 Pés descalços na areia iluminada da praia, farol de luz no horizonte,
Frases soltas ao vento, levam meu alento junto às ondas do mar.
A aurora desponta majestosa, no ar, aroma de flor de laranjeira, idílio poema.
 

Escrito em: 17.09.2005
Por Águida Hettwer
 
Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 13/01/2006
Código do texto: T98485

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1258 textos (116400 leituras)
15 áudios (2138 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:39)
Águida Hettwer

Site do Escritor