Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOBRE O AMOR

O verdadeiro amor
Tende a nos tornar cada vez mais, independentes.
Não subjuga condições para arrecadar vantagens
Nem conquista para que venham depender de algo...
É livre, e por ser livre
Firma-se, completamente individual
Solidificando a coragem e a dignidade
Para que o potencial interior
Continue multiplicando ritmos
Na canção do infinito.
Se o ser, não estiver satisfeito consigo mesmo
Não encontrará a felicidade em lugar algum
Ainda que encontre a metade da alma
Se não valorizar a si mesmo
Caminhará sobre distorções.
Não há tristeza maior
Do que aquela em que o definitivo
Precisa ser alcançado de fora para dentro.
Ser humano, vem completo
Unindo-se, apenas para expandir valores
E fortalecer bases.
Aquele que exige ou o que impõe
Anda submerso em superficialidades
Fingindo ser o que não é
Mudando de personalidade
Para enganar e degradar a si próprio.
O amor nada conspira
Une vidas para compor a melodia da existência
Entre um destino arraigado e compartilhado a dois.
Quando o amor ocupa os espaços do coração
É criado um vínculo muito profundo
Que compromete formas variadas
De demonstrar sentimentalidades.
Amar é ir além dos desejos e vontades
Compreendendo uma sincronia perfeita
Mas para isso, deve-se sair do individualismo
Permitindo atuar em constante paciência
Para que a harmonia assuma o seu papel
De proporcionar uma alegria indescritível
Ao longo da jornada.
       
Fim desta, C. Santos.
Akeza
Enviado por Akeza em 14/01/2006
Reeditado em 15/06/2011
Código do texto: T98757
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 55 anos
2367 textos (403103 leituras)
59 áudios (107990 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:07)
Akeza