Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando chegar...

 
Abra a porta sem fazer barulho, tire os sapatos, suba as escadas silenciosamente, traga flores perfumadas, pois estou enamorada a tua espera, banhei-me em aroma de rosas, soltei os cabelos que estavam presos, sinta a maciez...
Sob a penumbra, debrucei-me, apenas a luz da lua, há de nos iluminar, toma-me nos braços, veja como encaixa perfeitamente teus braços nos meus.
Do teu sorriso maroto, extrai o gosto da felicidade, embriaguei, não tem mais jeito.
No brilho da meia luz, nascem às palavras, meus olhos vagueiam no espaço, corre para meus braços, do sonho incontido, alucinação com o aroma que da noite emana.
As estrelas cintilam no céu, no esplendor do amor, atravessa o tempo e a memória, retrata nossa história.
Um cruzar de linhas misteriosas, pequena centelha que incendeia o silêncio, ao beber do cálice do amor, apoderar-se aos poucos, envolvente, submergindo em meu ser, encontrei você.
Segura minha mão, baila comigo sobre o infinito, sob os anseios e desejos mais profundos.
Ancorei no teu porto de carícias, percorro em pensamentos em teu corpo, desvendando cada linha, mergulhando em cada marca acentuada, tecendo um poema de amor.
 
 
 
 
 
 
 
Escrito em: 19.10.2005
Por Águida Hettwer

Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 14/01/2006
Código do texto: T98903

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1260 textos (116547 leituras)
15 áudios (2140 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:14)
Águida Hettwer

Site do Escritor