Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0560 - Escolhas


Escute minha voz, apenas escute, enquanto escuto amor,
ouça o som que entra e toca na sua alma,
o frio não mais existe, dos poros saem calor,
os impactos da paixão já não queimam, é amor!
 
Deixe-me perdido dentro do seu corpo, na alma estou,
quero ser parte desta mulher que ama, que amo,
excluir os maus, os antes e depois, ficaremos hoje,
puros, belos ou só uma estrada para seguirmos juntos.
 
Não temo as esperas, os não(s), os sins da vida,
quero ar, ares que sopram e me fazem voar,
palavras já não se fazem necessárias, só coração,
sentimento maior que sobe e desce no corpo, fazendo sonhar.
 
O novo passa rente ao corpo e à alma,
os sonhos do homem, o toque da mulher,
meus sonhos voltam em um caminhar mais seguro,
deixei antigos planos, antigos vôos sem asas.
 
Quero assistir ao nascer de um novo mundo novo de amor,
vou seguir o vento que sopra meus pensamentos,
começarei mais mil vezes, todas que um dia me perder,
outras vidas terei, todos os séculos seguirei sem dormir.
 
Acabaram as interrogações, a vertiginosa trilha, o pesadelo;
descongelei meus carinhos, aqueci minha paixão,
falta seu corpo, nu, completamente nu d'outros desejos,
ainda que não volte, seguirei, não sei até onde sou amor.
 
Hoje, frente a frente o homem, a mulher e todos os seus amores;
ao lado, a felicidade plena, o respirar aliviado, o abraço seguro,
os repentes, a esquerda, os pesadelos, as intrigas...
no meio dois corpos, cúmplices, intensos, amantes.
 
16/01/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 16/01/2006
Código do texto: T99389
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116250 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:29)
Caio Lucas