Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERDUAR POR AMAR


O mal que a gente faz,
Tem o seu retorno certo,
Não vacile no caminho,
Seja um pouco mais esperto.

Tendo amor, tendo carinho,
Na procura de um jeitinho,
De construir seu ninho,
Que não seja no deserto.

O mal que a gente faz,
O nó, não se desfaz,
Na vida, um passo atrás,
O abstrato vira concreto.

O conselho já foi dado,
Liberte-se, não fique atado,
Mostre que tem firmeza,
E afirme com certeza,
Hoje estou apaixonado.

O mal que eu estava atrelado,
Abandonei, deixei de lado,
Me salvei desse legado,
Já sou capaz de perdoar,
E por amor, fui perdoado.

Carlos Mambucaba
Enviado por Carlos Mambucaba em 17/01/2006
Código do texto: T99816
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Carlos de Almeida). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Mambucaba
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil, 54 anos
484 textos (39315 leituras)
60 áudios (6885 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:47)
Carlos Mambucaba