Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTA:

Carta:


Onde esta você.
Que nem em sonho aparece.
Nada mais sei, no mundo tu sumistes.
Nada deixastes, nem um endereço.
Apenas sei o que ouço por ai.
Que em algum lugar da cidade.
Tu vives a perambular de bar em bar
O que procuras ninguém sabe
Dizem que já não es, a linda mulher.
Que eu conheci, que eu amei.
Mesmo assim, eu te procuro.
Pois queria tanto, dizer, eu te amo.
Dizer-te tudo, o que não te disse antes.
Por medo talvez, que não me ouvisse.
Eu calei, acabei sozinho, perdido.
E, tu fostes embora magoada comigo.
Sumistes na noite sem nada levar.
Por esta razão, esta carta, escrevi.
Na esperança, que ela chegue até você.
E a convença voltar, ao meu aconchego!



Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 17/01/2006
Código do texto: T99820
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:28)
Volnei Rijo Braga