Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Faca de mim mesmo

Se o mais sincero desalento
Te mostrar a face do contorno
Não esqueça o sonho de promessa
E por demais ao certo, eu te amo.

Nos acasos das praias violentas
Te subornam acertando a figura,
Quando me trouxe sorrindo teus abismos
Eram um poente, sem pose nenhuma.

E o segredo muda pra se mudar
Com um outro mais ao céu, só chovia.
Sou o instante do último suicida
Desafiando a eternidade pelo amor.

E como a faca vou me costurando
Do perfume, do sorriso, do ciúme.
E quando chegar onde termino:
Sempre um "até mais" me acordando.
Favarini
Enviado por Favarini em 17/01/2006
Reeditado em 18/01/2006
Código do texto: T99947
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Favarini
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 29 anos
16 textos (1070 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:51)
Favarini