Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OUVE, BELA SÃO PAULO.


Ouve, oh bela São Paulo, dos poetas,
que respiram teu ar, envoltos na tua magia,
os versos d’amor cantados em harmonia,
cujos sons se perdem na tua imensidão
na forma de invisíveis borboletas.
Por ti morrem d’amores o atleta,
os esquecidos de bolsa vazia,
o artista que tantas obras cria,
e os que pintam, no rosto, máscara de pateta.
Tens tanta graça nos sorrisos brejeiros
das moças e da massa suada de gente
apressada, de onde saem heróis verdadeiros,
forjados pelo caráter do teu povo diferente
que de tanto te amar, faz dos imigrantes parceiros,
para que sejas grandiosa, uma cidade excelente.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 19/01/2006
Código do texto: T101104

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343273 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:37)
Maria Hilda de Jesus Alão