Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu pai

Ah! Se eu pudesse te roubar um sorriso
No canto desta cansada boca,
Tocava, de novo, teu rosto... beijava...
O Mais amado de todos os pais,
Narrava tudo o que sinto, é sincero,
Isto seria visto por todo o mundo,
O grande amor que por ti venero.

Carinhos, palavras, doces palavras
Levaria até a ti, todo o tempo,
A vida voltaria a certo rumo...
Imaginado por ti, todo tempo,
Resta-me o perdão!,  que pondero.

Mas, será que é pedir demais?
Irá ser, de novo, meu amigo pai?
Como sempre foi, desde o nascimento?
Hoje é o que desejo mais!
Escolha o momento,  não demore.
Longas horas se passaram, estão perdidas.
Os beijos que não te dei, perduram,
Na esperança de poder, espero e quero,

Te amar
Venerar,
Como sempre foi.
reginamichelon@yahoo.com.br
Regina Michelon
Enviado por Regina Michelon em 07/02/2006
Reeditado em 04/05/2006
Código do texto: T109016
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Regina Michelon
Simões Filho - Bahia - Brasil, 57 anos
259 textos (20505 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:35)
Regina Michelon