Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mercado Público

MERCADO PÚBLICO
(Homenagem aos Mercados Públicos do Recife)


Mercado de mercadoria fácil
Encontrado em qualquer esquina,
Lugar de entendimento rápido,
Mercado público me fascina.
 
Lá se compra feira,
Faz-se a farra,declama-se o verso
Toma-se a birita,
Que é farta e dócil;
Tira-se o gosto em cada esquina,
Faz-se da rima, uma prece,
É coisa prá se matar o ócio

Madalena, ou Casa Amarela,
Encruzilha de muita reza,
Os mercados são a esperança,
Daqueles fracos das pernas,
Dos fortes homens de praças,
Dos menores de poucas posses,
Das mulheres endiabradas,
Seguras de suas regras.

Recife, Julho de 2005
Carlos A. T. Marinho

Carlos Marinho
Enviado por Carlos Marinho em 11/02/2006
Código do texto: T110548
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Marinho
Olinda - Pernambuco - Brasil, 66 anos
63 textos (3944 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:23)
Carlos Marinho