Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEU CORPO


 Seu corpo é um acalanto,
 Cantiga de ninar.
 Quando chego e vejo de relance
 Seu dorso ou simplesmente
 A figura majestosa
 Que tenho prazer em gostar...
 Oh!Pai, porque sou assim?
 Gosto tanto de apreciar o belo,
 O singular, o homem que quero ter
 Ao meu lado para amar.
 Não sai do pensamento seu jeito cordial,
 Seu sorriso, seu semblante quase nu,
 Só de sunga a me tentar.
 Ele é formoso e o quero
 Para seus dias alegrar,
 Para dar-lhe meus carinhos,
 Para satisfazer sua ânsia de amar.
marlene andrade reis
Enviado por marlene andrade reis em 15/02/2006
Código do texto: T112221
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
marlene andrade reis
Taguatinga - Distrito Federal - Brasil
250 textos (12508 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:22)
marlene andrade reis