Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

HOMENAGEM A ROSA PENA


Poderosa

ó Rosa Pena,
ó Pena Rosa!
de Alguém és a Pequena,
que Te vê sempre Formosa;
Tua Beleza é Amena,
Tua Lindeza, Poderosa;
Tu és Sentimento e Amor,
e deles, Tu tens a Cor!

Moacir et Selena 2003
brilhe a vossa LUZ!

e farei de ti nação mais poderosa (Deuteronômio 9:14)

*****

Pena

pena cor-de-rosa;
pena jeitosa;
pena formosa;
pena sestrosa;
pena ditosa;
pena mimosa;
pena amorosa.

*****

Real Nome

talvez Ela, majestosa, Seu nariz empine
ao escrever sobre a Sua Alma feminina;
talvez nem todo o Seu texto Ela termine
pois, se começa Mulher, termina Menina;

talvez que no Amor Ela se afine
com o Destino e não com a sina;
talvez que por isso o tom Ela refine
ainda que prefira confete à serpentina;

talvez que ao ouvir Adamo cantar Aline
Ela poste as cartas que ao Amor destina;
talvez que um dia Seu real Nome assine
fazendo cumprir Sua profecia celestina;

por hora, apõe um pseudônimo em Sua prosa,
e também na poesia que assina: Pena Rosa...

Moacir et Selena 2004
brilhe a vossa LUZ!

o nome duma era Ada, e o nome da outra Zila (Gênesis 4:19)

*****

Será

por certo será alterosa,
mesmo muito poderosa;
será Ela, ainda, curiosa,
será Ela, sim, carinhosa,
será Ela algo nebulosa
ou será Ela milagrosa?
será Ela mui apetitosa
prá dois dedos de prosa?
será Ela então saborosa,
quiçá prá lá de deliciosa?
será Ela poética, formosa,
linda, sensual, glamurosa?
será que Ela é melindrosa,
ou simplesmente mimosa?
pergunte-se à Pena Rosa!

Moacir et Selena 2004
brilhe a vossa LUZ!

não será malograda a tua esperança (Provérbios 23:18)

*****

Divina Rosa

e por causa do homem comum,
DEUS fez a Mulher... incomum!
contraponto do desejo marciano,
há esse tal de Candor venusiano!
u'a flor tem a poda, e a lã, a tosa,
sem espinhos, só a divina ROSA!

*****
Molde

pois é, lá no Parnaso Apolo não se conforma
pois que dessa Poetisa o Molde está perdido;
e até que encontrem o Molde, 'nessun dorma!',
ou, então que Vulcano outro faça a Seu pedido!

para Rosa Pena em 12/outubro/2005

*****

Ninha

hola, Senhora Rainha
empreste-me a Ninha

preciso visitar uma Rosa esplendorosa,
Uma, cujos escritos em prosa, e verso,
tem deixado meio mundo em polvorosa,
e, está a mexer com o inteiro Universo!

M&S 2005

*****

Meu Voto

entre o lindo Céu, e a Terra formosa, há gente linda, como a nossa Rosa;
'Musa de Poesia e Prosa'? cisma Apolo no Parnaso; 'não será por acaso!';
Eros, olha uma seta, cuja ponta alisa: "ah! da minha Arte é essa Poetisa!';
Vênus, com um sorriso misterioso: 'o jeito dEla falar do Amor já é famoso!'
Mercúrio, que conhece todos, e tudo: 'o humor dEla me fascina, sobretudo!'
entre os imortais poetas diz Homero: 'Poetisa como Ela eu mesmo venero!'
como em tudo mais, o Fado comanda a cena: 'meu voto é prá Rosa Pena!'


Moacir et Selena 2005
brilhe a vossa LUZ!

porque tinha voto (Atos 18:18)

Moacir et Selena
Enviado por Moacir et Selena em 02/03/2006
Código do texto: T117863

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome dos autores e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Moacir et Selena
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
736 textos (71192 leituras)
8 áudios (1059 audições)
5 e-livros (2339 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:34)
Moacir et Selena

Site do Escritor