Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RIO, MEU AMOR!

RIO, MEU AMOR!
Lílian Maial


O dia amanhece mais azul
E os sons de tuas ruas estão mais vivos.
Teus cheiros, teus gritos, teus silêncios
estão impregnados em mim,
Eu, tua filha, que te bebo em versos de poesia.

Meu porto, que me viu chegar
e me verá partir.
Meu amante, a quem me entrego virgem
E por quem me prostituí.

Ah, como é bom fazer amor contigo!

Vim te desejar felicidades,
meu Rio de Janeiro,
Minha cidade, meu canto,
meu abrigo nas noites de pranto.

Minha mãe que me viu nascer e parir.
Meu filho, terreno fértil de amor,
Patrimônio de meu coração,
A quem venero como imagem,
A quem devoto meu suor.

Meu grande e querido Rio,
De nome agitado,
Não fica parado
E corre, como eu, pro mar.

Hoje é teu dia de glória,
Teu momento de fama,
Tua vez triunfal.

Que triste que teus filhos te esquecem!
E nem por ti uma prece,
Nem um simples poema,
Ou notícia no jornal!


************

Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 02/03/2006
Código do texto: T117886

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248723 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:58)
Lílian Maial

Site do Escritor