Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER, DONA DO FLORIR

Mulher!
Você é água doce de bica,
rio, mar, vale e abismo,
mãe da vida, toda a alegria,
sabedoria secreta que fascina.
Quem nos dera ser assim:
determinada e certeira,
arqueira da lucidez e da luz.
Ensina-nos a deixar de lado
a herança macho de mando.
a força bruta do mundo.
Faça-nos ser como você:
fraterna, rebelde, guerreira,
sábia, inteligente, valente
dona da semente primaz
do dom maior que a ciência,
toda a sapiência dentro de si.

Mulher!
Você é água doce de bica,
rio, mar, vale e abismo,
mãe da vida, toda a alegria,
sabedoria secreta que fascina.
Você é o secreto, o descoberto,
nosso acerto e o incerto.
Aquela que transborda primavera,
flagrância, toda a exuberância yin.
Mina da alegria, do nosso riso
Contamine-nos sempre
com vida, malícia
e a delícia do seu ser
Purifica-nos e nos faça feliz.

Mulher azuluz,
terra, semente
Audaz. magia, energia, dona do florir.

cp-araujo@uol.com.br

Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 08/03/2006
Código do texto: T120346

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Célio Pires de Araujo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1075 textos (32936 leituras)
2 e-livros (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:44)