Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto ao Pai da Poesia Cantada (Renato Russo)

Eis um compositor invejável
Por sua imperfeição
Por sua inteligência e rima notável
E por sua aceitação

Falava sobre coisas do dia-a-dia
Gostava realmente de compor
Nunca perdia essa mania
De escrever sobre coisas com amor

Falavam coisas paralelas
Que se encontraram com facilidade
Entre suas palavras caladas

Pois é preciso amar
Como se não houvesse amanhã
O amor não pode parar

http://oescritorrandomico.blogspot.com.br
O Escritor Randômico
Enviado por O Escritor Randômico em 17/03/2006
Reeditado em 02/04/2016
Código do texto: T124404
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Escritor Randômico
Curitiba - Paraná - Brasil, 28 anos
61 textos (5639 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:29)
O Escritor Randômico