Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COM CARINHO PARA SABRINA


Minha Realeza, Seu Amor é Minha Razão
És a princesa que seduziu meu coração
A condessa que induziu esta momentânea paixão
Com o tom de baronesa cingiu a espontânea chama de minha emoção.

Bela flor no pedestal deste áulico andor de poética  no anaspídeo desta intimidade
Lindo amor em madrigal inigualável altivo primor cerúmen nesta centelha de felicidade
Sem-igual hendecassílabo de tangencial amável ativo prior de lúmen fagulha de verdade.


Você é a redondilha pormenor da trova mais cadente: Primaveril criatura ascendente!
Você é a rima rica harmônica de poesia confidente: Alma anil de ente estridente!
Você é a prima cica sinfônica desta maresia expoente: Calma senil na semente ocidente!


Única em meu mundo literário de eqüidistantes amores no alguidar romântico,
Túnica que invade meu hetervário símio de amantes olores em devanear semântico,
Telúrica à qual arde este orvário cílio nos relevantes tenores deste viandar cântico,
Açórica de tal cálice de outono enleio sindético destes importantes vimes tântricos,
Dórica neste ápice do intróito verão que leio hermético nestes apaixonantes gimes...
Caminhos Transatlânticos!

Cintilante rainha da inexplicável beleza: És minha infindável admiração
Ostentante musa na leviante clareza: És préstima afável exclamção
Poente patente suma amante desta leveza: És pétala amável poetização
Presente calente Numa crisante em plúmbea certeza: És pedúnculo da inspiração.

Edemilson Reis
Enviado por Edemilson Reis em 20/03/2006
Código do texto: T125889
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edemilson Reis
Vespasiano - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
332 textos (127512 leituras)
4 e-livros (593 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:47)
Edemilson Reis