Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O LAU QUE EU CONHEÇO

O Lau que eu Conheço
Lílian Maial


Aluga letras estranhas
loucas entranhas

da fome, o nome do homem
da sêde, a sede na rede
da verdade, o instante consumido

confuso emaranhado de certezas
o mais fiel das redondezas
aos seus conceitos

seus defeitos são tantos
que não cabem em cada verso
por isso não rima
prefere ficar de prosa
com as coisas dos olhos

bebe a orla e a maresia
enferruja as lembranças
por medo e juventude

quando crescer
é assim mesmo
que vai querer ser


Lílian Maial

*poema em homenagem ao amigo poeta Lau Siqueira
Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 01/04/2006
Código do texto: T132278

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248684 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:52)
Lílian Maial

Site do Escritor