Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CANÇÃO DE NINAR

                                  (Para Racquel, quando ela chegar)

Quero fazer uma canção,
Canção que consiga falar,
Do quanto espero impaciente,
A nossa Racquel Ailana chegar.
Desejo que, nesse dia, o sol possa contemplar,
Belas flores as suas pétalas abrirem,
Para a minha princesinha saudar!
Os pássaros cantarão contentes,
Para a minha canção acompanhar
Borboletas coloridas de longe virão,
Para teu lindo berço com belas cores adornar.
Os anjos descerão cantando seus hinos,
Só para nos alegrar e abençoar,
Pois eles nos emprestarão nossa anjinha
Que a nossa existência virá iluminar.
Minha canção de ninar,
Feita de amor para Ailana embalar,
Será pelo meu coração entoada,
No exato momento em que ela chegar.
Meu canto de amor servirá,
Para agradecer a Deus e almejar,
Que saibamos com sapiência e amor,
Aos frutos do nosso amor preparar
Para que a vida lhes seja leve
E que eles saibam caminhar,
Sabendo que, com amor,
Tudo se pode conquistar.
Que venha a nossa Racquel Ailana,
E quem mais Deus permita meu ventre aconchegar,
Para que o lar construído de amor,
Seja abençoado com os frutos mais doces,
E que eles nos façam finalmente crer,
Nas bênçãos do Pai Celestial sobre nós.
E a Luz que sobre nós se irradia,
Possa a todos paz e harmonia oferecer.
Ah, Ailana, doce Ailana!
Meu ventre abençoado há de ser
E, em breve, irei regozijar,
Por tê-la crescendo dentro do meu ser.
Serei sua mãezinha extremosa,
E uma amiga com quem poderás sempre aprender.
Terás um pai amoroso e confidente,
Mas, que zelará por ti extremamente!
E, se Papai do Céu nos permitir,
Terás irmãozinhos tão doces quanto tu,
Que lhe serão amigos preciosos,
Aos quais também dedicarás o teu amor.
Não sei quando virás, mas já te esperamos.
Com todo o nosso amor no coração.
E, quando tu chegares, poderei,
Enfim, cantar pra ti esta canção.

Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 03/04/2006
Reeditado em 05/07/2009
Código do texto: T132846
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akasha De Lioncourt
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
706 textos (1035209 leituras)
72 áudios (109737 audições)
30 e-livros (56853 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:11)
Akasha De Lioncourt

Site do Escritor