Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Inverno doce (vai para ti Clarimundo Rohrig)

Em homenagem ao lindíssimo INVERNO de Clarimundo Rohrig

Quem és tu que modificas as manhãs,
alvoreceres límpidos, dessemelhantes,
enlouquecendo as minhas entranhas,
congelando até o fogo,por instantes?

Adocicas, magicamente, os lençóis,
transparecendo o mistério dos sóis,
entre os dedos das asas migratórias,
amantes se amam  nas  noites frias!

Oh inverno tão doce! Noites alonga,
santos sentimentos aquece e abriga,
debaixo da asa escancarada do céu,
emana tal calor, seu magnífico véu!

Nublas o prado verde e as flores,
acolchoando  cada casa em neve;
ocultas os perenes frutos fulgores,
a longa cortina dos ciclos  remove!

Inverno sublime do amor maior,
dos alucinados anseios temporões,
ascendendo aos céus suas paixões,
sinto minh’ama clamar teu sabor!

Santos-SP-17/04/06
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 17/04/2006
Código do texto: T140455
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:14)
Inês Marucci