Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OH MÃE!

Na cabeça brilhavam as cãs nevosas,
Nos ombros arcados os feitos do passado.
Recordavas os tempos do ventre inchado
Gerando diferentes flores formosas...
Oh mãe, que lembranças saudosas!...
Parecias boiadeiro tocando o gado,
Sem deixar uma rês perdida no prado,
Evitavas tropeços em estradas perigosas.
Conduziste o rebanho todos os dias
Com teu aboio suave e muita firmeza.
Desesperavas, choravas, lambias as crias
Se uma se desgarrasse rebelde, indefesa.
Na volta, teus olhos eram mar de alegrias,
E o grande amor ressaltava a tua beleza...
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 01/05/2005
Reeditado em 07/10/2005
Código do texto: T14098

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343271 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:53)
Maria Hilda de Jesus Alão