Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TRIBUTO AO AMIGO OTTOMAR

Quantas vezes,
Me segurastes pela mão,mostrando o caminho?
Me colocaste no colo,enquanto eu chorava?
Me emprestaste o ouvido,para desabafar?
Me abriste teu coração,só para me consolar?
Me deste teu ombro,para me consolar?

Quantas vezes,
Trocamos confidências e impressões?
Estivemos próximos nos momentos mais difíceis?
Nos apoiamos um no outro para não cair?

Quantas vezes,
Busquei em ti as forças que me faltavam?
Foste a voz amiga que precisava ouvir?
Tiveste a palavra certa para me dizer?
Usamos o correio para nos corresponder?

Quantas vezes,
Te confiei meu filho para orientar?
Fostes o pai e o irmão que não estão mais aqui?
Busquei em ti o exemplo de fé para me espelhar?

Quantas vezes,
Recebeste o Espírito Maior para nos orientar?
Esqueceste teu corpo frágil para o receber?
Sublimaste a dor física para o dignificar?

Quantas vezes,
Buscamos o Benvindo e
Esquecemos o Ottomar?

Quantas vezes,
Me culparei
Por não saber te amar?

Quantas vezes,
Vou rezar
Para que possas me perdoar?


(06/11/05)

P.S. - Meu amigo partiu p/outra dimensão em 31/01/09.
         
Gilce Klain
Enviado por Gilce Klain em 23/04/2006
Reeditado em 18/02/2009
Código do texto: T143919
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Gilce Klain
Canguçu - Rio Grande do Sul - Brasil
78 textos (5239 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:46)
Gilce Klain