Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A MOR TE

Das pessoas com voz de estrela
que voam para o céu
Das pessoas com letras de sonho
que voam para o céu
Das pessoas com ares de poesia
que voam para o céu
Das pessoas com olhos de melodia
que voam para o céu
DEUS AS ILUMINE SEMPRE!

Façam festas brancas nos salões do céu
Velem-nos por entre as luzes astrais
ao lado dos anjos de amor
Olhem por nós, pois, ainda, aqui estamos mortais

Entregamo-nos dia-a-dia
(mesmo sem saber)
ao nosso oficio de ser e de fazer

Para que possa vir a acontecer,
no aprender da nossa guia,
claras lições de bem viver.

Em matéria, ainda, amamos
e nos lapidamos no perecer do ESTAR
para que ao chegarmos
`a nossa hora de "SER Humano",
possamos voar ao céu em Espirito silente
que não mais precise conjugar o verbo amar
Não conjugar, pois, que Amor não é verbo;
é fonte, é origem, é AMOR.

Ao voar para o céu em asa nobre,
Pessoa, que bela historia nos deixou,
seu Ser em Luz gradua e se descobre
reluzente prisma de AMOR.

***

Ao amigo Ricardo Nacif,
`A amiga Cilene Maria
`A Nicolette Larson,
`A minha amada tia Mailone ...
`A todas as luzes que de alguma maneira embelezaram o meu jardim, e que hoje plantam flores nos jardins do céu.

***

D.V.
05/05/05

Copyright © 2005-2006 Dulce Valverde
All Rights Reserved
DULCE VALVERDE
Enviado por DULCE VALVERDE em 29/05/2006
Reeditado em 29/05/2006
Código do texto: T165487
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e link para o site " http://recantodasletras.uol.com.br/autor_textos.php?id=6199 "). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
DULCE VALVERDE
Estados Unidos, 46 anos
391 textos (10864 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:19)
DULCE VALVERDE