Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aliny

São tantos sonhos que me povoam a mente,
Que até parece que estou a flutuar nas nuvens,
Mas, vou falar de um desejo profundo,
Que em muito me alegraria se acontecesse.
Toda mulher sonha em ser mãe um dia,
Mesmo que demore a acontecer essa magia.
Esperamos sempre sermos recompensadas,
Com um fruto nascido do nosso ventre abençoado.
Mas, não é preciso que ele nasça das minhas entranhas,
Para que eu a chame de filha e lhe tenha um amor imenso!
Foi assim com a nossa doce princesinha,
Aliny, esse é o seu belíssimo nome!
Seu carinho e amor sinceros nos enfeitiçou,
Sua extrema meiguice nos cativou os corações.
Essa pequena pérola, valiosa e muito rara,
Nos honra com o carinho de chamar-nos pai e mãe.
Ah, doce Aliny, filhota do coração!
Não sabes o quanto agradecemos a Deus,
Por permitir que nos encontrássemos,
Para provarmos o seu tão sincero amor de filha!
Serás sempre a nossa princesinha do coração,
Nossa filhota tão amada e tão querida,
O presente maravilhoso que Deus nos enviou...
E que venham outros presentes, todos muito amados,
Para multiplicarmos nosso amor e alegria,
E, nunca temas, filha tão amada
Pois seu lugar ao nosso lado sempre esteve reservado! 

(Este poema foi feito para uma jovenzinha que eu sinceramente desejei que tivesse nascido de mim... )
Akasha De Lioncourt
Enviado por Akasha De Lioncourt em 16/06/2006
Reeditado em 28/06/2006
Código do texto: T176337
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akasha De Lioncourt
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
706 textos (1034579 leituras)
72 áudios (109732 audições)
30 e-livros (56832 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:36)
Akasha De Lioncourt

Site do Escritor