Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA CHICO XAVIER

Uns te contemplam anjo
Outros te xingam de leve
Teu semblante descreve
O ser generoso, cristal nobre
Pensamento dourado de um mundo mágico
Nem fora preciso bola de cristal
Tua mão treme agora, e algo borbulha
Alguém te chama do além-túmulo
Do espaço um condão se abre em flor
Vem outro e logo um turbilhão
A mão de poeta e médium de ouro
Tiram da cartola vida e obra metafísica
Aula, ponto, esperança e revelas
Tu pobre, rico e nem se da conta
No teu silêncio, no teu passo firme
Que um mendigo te ama que um doutor
Te ama que um rei te ama
Tua caridade é sinal de beleza
Tua caricatura sem certidão sagrada
Vinda do vaticano
Nem busto de bronze nem ainda mártir
Nem santo? Pouco importa
Eras condecorado como louco
Um prodígio um diferente
Médium, médico, companheiro espírita e espiritualista
Nosso lar
E a vida continua...
André Luiz pousou em teu ombro
Emanuel veio como pássaro
E outros frutos fazendo história
Para que a fonte não se esgote
O teu lar simples, teus óculos
Venceste ó amigo Chico Xavier
Partiste mas a morte não existe
Homem sem sexo e sem dedo em riste
Manso como a brisa e a luz infinita
Chico Xavier nos dá a lição que a vida é bela
Escrevo este poema em sua memória
Como quem abre uma porta
Como quem abre uma janela.
renascimento
Enviado por renascimento em 28/06/2006
Código do texto: T184010
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
renascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 54 anos
2 textos (79 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 14:00)