Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FRANCINETE MEU AMORZINHO

FRANCINETE MEU AMORZINHO

Minha infinita rainha
Graciosa e só minha
Tulipa mais bela
Rosa tam singela
Francinete, coisa amorosa
Francinete, adorada ou carinhosa
Netinha algo que em sinergia transpõe amores
Todos adjetivos delicados, sutis, jorram teus ocultos fervores
Você és egrégio tesouro, uno cintilante ouro,
Francinete um simbiótico ente querido, bem vindo,
Francinete alva hermética, criatura sob à poética:
Tálamo, róseo etéreo, passaro aéreo
Epitálamo; serena morena que eu amo agora
Não vejo chegar a esta hora
Duma outrora
Viagem aos teus puros, ternos, coeternos interiores,
Pois em seus exteriores já fui furtado, roubado, corrobado, enfeitiçado por nua magia
Francinete vivaz, sagaz, edaz flor, jardim numa lidima voadora energia
Netinha você dulcíssima, lindíssima, belíssima mulher:
Netinha maior para meu bem me quer!
Edemilson Reis
Enviado por Edemilson Reis em 04/07/2006
Código do texto: T187343
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edemilson Reis
Vespasiano - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
332 textos (127519 leituras)
4 e-livros (593 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:25)
Edemilson Reis