Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Poesia

A Poesia

 

A Inamar Coelho

 

Entre todos os tipos de ficção

É a que mentira menos tem,

Sendo inspirada pelo coração,

Por ela se diz tudo o que se sente

Não é como o que sai da mente

Que só diz o que nos convêm.

 

Ser escritor até possível é

Só basta esforço ter e estudar

Mas para fazer poesia

Sensibilidade precisa ter

É a verdadeira arte do amar

E de nada esquecer

 

Um dia quando jovem ainda era

Fiz poesias diversas

De amor, de saudade, de contentamento.

Mas o tempo, esta quimera,

Trouxe-me o envelhecimento

A jovialidade que se foi

Não é do corpo que jovem está

Mas da alma que a muito não o é.

 

Hoje diferente está sendo

Já tão velho não me sinto

Estou até escrevendo...

As palavras me vão fluindo

Como se a muito guardada estivesse

Não podia deixa-las escapar

Já me basta o tempo perdido.

 

Inspiração... Encontrei em alguém

Que coragem demonstrou

Enfrentando todos as adversidades

A um sonho se entregou

E hoje admirado é...

Por mim sempre será

Por saber que ele não mente

Por poeta ser.

 

Aos dons me entreguei

Mas hoje já não sei

Qual o caminho a seguir

 
 
Pois já não vivo só pra mim

Porque?... Outros de mim dependem.

 

autor: Fernando Rocha da Costa
Fernando Rocha
Enviado por Fernando Rocha em 24/07/2006
Código do texto: T201076
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fernando Rocha
Euclides da Cunha - Bahia - Brasil, 47 anos
43 textos (25632 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:35)