Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poetas endeusados por Deus - aos recantistas amados

Herdaram divindade os versistas do amor e da vida,
desde o sagrado instant ’em qu’ao mundo se doaram,
em brandas mirras subindo mais longe qu’alamanda,
d’encantos se nutrindo,florescend'os que flagelam!
 
Ah divinos poetas!Tenham sempre a alma candorosa,
avivando os frágeis que curvaram suas asas ao vazio,
ávidos pelo fluido bom que clareie sua face formosa
e o seu vergel flóreo'fecundo com dulçor de um rio!
 
Em almos encantos suspiram; roupagem sentimentos,
entram em cena sorrindo sem cessar,amor bordando,
às beiras de céu em céu,catando flores,qu'os cantos
no seu canto inebriante entranham. Desejos brotando!
 
Famintos de boca, voz,choro risonho,nutre-os a aurora
desperta pela fímbria ruiva,qu'escorrega no horizonte;
Renascidos,vão olfateando o crepúsculo verde quimera
os porta-vozes da vida, dessedentam o que não a sente!
 
Como não conceber graça divina aos eternos atalaias,
cujos almos dotes fazem multidão frondejar cada dia,
resgatand’a esperança perdida além das fundas raias?
Poetas alma meiga, que os abençoe o Deus da poesia!
 
Santos-SP-02/08/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 03/08/2006
Código do texto: T207954
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:10)
Inês Marucci