Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Á POETISA NALVA



Não precisei te pedir sorrisos
Você os me deu de forma expontânea
Não precisei te pedir simplicidade
De qualidades tu és uma coletânia

Não te exaltei, não te enalteci
Não foi preciso, só carinhos lhe transmiti
Alegria está sempre a distribuir
Desta forma sempre me fez sorrir.

Sabedoria, capacidade imensa
Mas por isto não se deixa exaltar
Não se tornaste uma caricatura
Não faz questão dela demonstrar.

Tua sapiência não a domina
Ela é dominada por ti
Usa-a de forma discreta
Sem propaganda distribuir.

Em ti não existe podres poderes
Os que tem são altruístas
Sempre, sempre te senti otimista
Alegria intensa dentro de si.

Em teu coração não existe carência
Só tem poesias, e poemas perfeitos
Teus versos são feitos pra todos
E não só para a alguns, fazer efeito.

Poesia é uma coisa sublime
E tu sabe a ela se dedicar
Fala de humildade fala de amor
São muitos temas, difíceis de enumerar.

            * * * * *

Ser sábio é saber usar da sabedoria sem deixar-se exaltar pelo saber.




Direitos autorais reservados ao autor, poesia e frase.


















Tonydicapri
Enviado por Tonydicapri em 08/08/2006
Código do texto: T211926

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Sobre o autor
Tonydicapri
Teófilo Otoni - Minas Gerais - Brasil
200 textos (57534 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:18)
Tonydicapri