Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Teu sol na minha gaveta

Teu sol na minha gaveta
===================ErdoBastos

Hoje está sombrio, lá fora está chovendo
Aqui dentro o sol guardou seu brilho
Na gaveta que eu estava remexendo
Achei um sol, desenhado por você,  meu filho...

A me lembrar que você existe
Que de mim, você é uma parte
Em você,  algo de mim persiste
Meu filho, és meu poema, minha arte.

Tens minha bênção, José.
Te amo incondicionalmente
“Filho de peixe, peixinho é”
E nada desde o nascer, naturalmente...

Com isto, minha bênção e minha confiança
Haverás de crescer, e ficarás forte
Um dia, quando não fores mais criança
Ainda terás meu amor a te apontar o norte.

O meu amor será tua melhor herança
E o teu, já é minha melhor sorte
Serei teu escudo e teu amor a minha lança,
Na luta pra que a espada do mal nunca te corte.

És meu sucessor, minha continuidade
Porque em ti meus genes continuam
E assim, ganhamos a eternidade
Que depois teus filhos nos perpetuam


ErdoBastos
Enviado por ErdoBastos em 09/08/2006
Código do texto: T212337

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErdoBastos
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
789 textos (36905 leituras)
2 áudios (124 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:20)
ErdoBastos