Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Papai

Imagem do meu modo de ser! Com ele aprendi a ser feliz a gostar das coisas simples da vida, a usar a sabedoria e inteligência em cada projeto a realizar, por mais simples que fosse, dizia ele: sem calcular bem as ações e atitudes não chegamos a lugar nenhum, e se hoje sou Cláudia, mãe, avó, amiga,  poetisa, profissional, foi olhando e admirando atitudes dele que trasformou-me nessa mulher.
Lembro-me com carinho de uma fase importante da minha infância, quando eu e meu irmão ainda pequenos... papai tinha profissão de Carpinteiro e Marcineiro, além de ser Guarda no IBC (Instituto Brasileiro de Café), na oficina de casa reformava móveis e montava estrutura de madeiramentos, e quando ia serrar uma vigota ou montar uma furquilha de estrutura, colocava eu e meu irmão menor sentado para fazer pêso, o que era na verdade, uma forma de brincar conosco trabalhando, sorridente sempre feliz, fazendo piadinhas de tudo, meu querido papai nos ensinou a ser feliz, mesmo quando algo dava errado, ele sorria e dizia: hoje falhou amanhã é outro dia, e deste erro temos a lição, procurar o acerto!.
E assim fomos vivendo, crecendo com alegria de vida, outro fato delicioso era, quando iamos  levar o almoço quentinho pra ele no IBC, aos domingos,  passavamos a tarde lá, e nós nos intervalos de picada de relógio, iamos no campo a procura de Uvaias, Laranginhas do Mato, Gabirovas, Goiabinhas, para termos o que comer no lanche, era uma diversão a cada passeio,  esperavamos ansiosos por estar com ele no trabalho, e assim foi nossa vida, papai é nosso maior tesouro, hoje, velhinho cabecinha branca, ainda ativo faz tudo o que a profissão o ensinou, claro com limites mas com entusiasmo e mesma alegria de sempre.
 Com papai aprendi  todas a coisas simples de uma casa, eletrecidade, pequenos concertos, pois ele dizia: filha nada é de mais, e assim você poderá ter condições de resolver seus pequenos problemas doméstico...ele também me ensinou a ter objetivos e conquistar espaços, por isso Cláudia é hoje também a Lindamulher poetisa do Recanto e colunista do Jornal Primeira Página da Cidade de São Carlos, e isso com um ensinamento simples, ser feliz mesmo na tristeza e buscar os acontecimentos.
A você meu querido e amado Papai, dedico a minha mensagem do dia de hoje, o seu Dia, o Dia de todos os Pais

Beijos no seu coração, que a vida te proteja, que brilho do Pai Celeste esteja presente nos teus dias e sempre!

Eu te Amo Meu Carinhoso Papito!

Texto com som no site:
www.lindamulher.prosaeverso.net/

Mi blog:
www.gentebox.es/lindamulher2006

Outro:
www.gatadicional.spaces.live.com/
lindamulher
Enviado por lindamulher em 13/08/2006
Reeditado em 31/08/2006
Código do texto: T215653
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cláudia Aparecida Franco de Oliveira). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lindamulher
Itirapina - São Paulo - Brasil, 57 anos
1582 textos (129600 leituras)
3 áudios (322 audições)
4 e-livros (303 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:21)
lindamulher