Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

poema da menina mais bonita que eu já vi

                              para poty com carinho

dó ré mi
dó ré mi fá sol lá si
era música
a menina
mais bonita que eu já vi

era música
era vento
     que assoprava
e era contento
a namorada     era a menina
da alegria
                 que eu perdi     indiazinha maloqueira
tinha o céu que ela era estrela
e era flor em
                                  dó
                                          ré
                                      mi

florescia
           sem malícia
tinha o riso
           na preguiça
de quem ama
                                 espreguiçando
era o verde
nas gramagens
era o rio
era a folhagem era o poema
o meu encanto

serelepe e meio doida
se escondendo
ela era sombra e era o sol e é muito mais

era dia enquanto noite
era andança
sem ter onde
e o caminho — a si se faz     dó ré mi

dó ré mi
fá sol lá si     era assim
poty a menina
mais bonita
que eu
     já
vi

dó ré mi
pintando o sete
sete e sete
e eu era arroz     ‘marelinha

pula e volta
como
   a vida
     é dois
 e dois

                    ora pois

andré boniatti
Enviado por andré boniatti em 02/09/2006
Reeditado em 23/12/2010
Código do texto: T230955
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (andré boniatti). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
andré boniatti
Corbélia - Paraná - Brasil
288 textos (45239 leituras)
17 áudios (849 audições)
14 e-livros (767 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:09)
andré boniatti