Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MÃE

Mãe,
acho que já me esqueceu,
assim como esquece
do momento em que o vento
toca seu rosto moreno...
um carinho,
na pele flácida

Acho que nunca mais me verá,
assim como nunca viu
o beijo furtivo
na mão calejada,
noite fugidia...
Acho que sempre me amou,
assim como acarinhava
minhas palavras com um olhar
apesar dos desatinos, comuns,
enchia-se de pranto
com a minha dor passageira...

Sempre me quis,
nunca me disse
apenas soprou,
minha vida ao relento
chorou...
Marcos Rohfe
Enviado por Marcos Rohfe em 03/09/2006
Código do texto: T231837

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcos Rohfe
Mogi das Cruzes - São Paulo - Brasil, 46 anos
107 textos (10403 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:34)
Marcos Rohfe