Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COBRA HUMANA (Republicação)

ESTA POESIA DEDICO À TODAS AS PESSOAS QUE MORREM DE INVEJA DE OUTRAS BEM SUCEDIDAS....

O veneno da inveja
anda escorrendo
nos lábios de mel,
cresce, viceja
doce como tal,
contudo, a alquimia é puro fel
é letal,
contaminando ruas e estradas
é a cobra humana
rastejando sem deixar pegadas,
usa, faz, desfaz, profana
o sentimento de quem ama,
envenena no real,
mata no virtual.

ANDRADE JORGE
ANDRADE JORGE
Enviado por ANDRADE JORGE em 06/09/2006
Reeditado em 13/03/2007
Código do texto: T233873

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ANDRADE JORGE
Jundiaí - São Paulo - Brasil
1027 textos (89991 leituras)
26 áudios (1819 audições)
2 e-livros (330 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:10)
ANDRADE JORGE