Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta Imortal

O mundo mágico da poesia se ofuscou. O encanto dos versos criados, narrados, inspirados, expostos e publicados, esmoreceu. O romantismo ecoa num vazio qual deserto que chora em silêncio. As eternas musas que um dia foram à inspiração, hoje repousam em melancolia sem igual.

O céu se fechou. As estrelas deixaram de brilhar. A lua sequer apareceu e o sol iluminou precoce e somente para cumprir com seu papel. A mãe-natureza vela o artista que desenhou toda beleza em rima, versos, prosas, poemas, frases e canções, cantadas e interpretadas por toda vida.

Os amantes, boêmios, poetas, sereias, fadas-madrinhas, príncipes e princesas, duques e duquesas, reis e rainhas reverenciaram o talento, o qual com toque de magia, transformou utopias e sonhos em realidade. O poeta, tal qual sua obra-prima, se torna imortal. A alma, antes descrita no iluminismo fantástico encontra sua cara-metade. Era para ser uma simples viagem, mas se foi para sempre.
Edimilson Eufrásio
Enviado por Edimilson Eufrásio em 08/09/2006
Código do texto: T235446
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edimilson Eufrásio
Mineiros do Tietê - São Paulo - Brasil
112 textos (6105 leituras)
1 e-livros (37 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:00)
Edimilson Eufrásio